Praia Grande possui o melhor índice de recuperação do covid-19, afirma prefeitura

Escrito por em 20/05/2020

Praia Grande lidera o ranking das cidades da Baixada Santista quando o assunto é a recuperação de pacientes infectados com a covid-19 (novo coronavírus). Dos 981 infectados até segunda-feira (18), 74,5% já foram curados, o que soma 731 pacientes.

“Todos os nossos esforços estão refletidos nesses índices. A Cidade está tomando todas as medidas possíveis no combate ao coronavírus. Além da preparação dos prontos-socorros, Hospital para síndromes respiratórias, Hospital Irmã Dulce e Hospitais de Campanha, o Município conta com 28 Unidades de Saúde da Família que estão atendendo casos leves de síndromes respiratórias e realizando testes para covid-19 (quando necessário), orientando pacientes e monitoramento a evolução dos sintomas diariamente”, explica o secretário de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira.

Outro recurso importante destacado por Nogueira é a Central Telefônica para covid-19 que atende munícipes que têm dúvidas ou estão com algum sintoma de síndrome respiratória. Mais de 6.500 atendimentos já foram registrados desde o início dos trabalhos, há quase 2 meses.

Os profissionais que atendem pelo telefone são médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, odontólogos e educadores físicos da Secretaria da Saúde. A equipe orienta, agenda consulta na Unidade de Saúde ou Pronto-socorro (se necessário) e faz o monitoramento diário dos pacientes que estão com sintomas.

“Essas medidas evitam que muita gente procure os prontos-socorros sem real necessidade, se contaminando ou contaminando outras pessoas”, explica o secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira.

Confira as principais ações de Praia Grande no enfrentamento e combate ao novo coronavírus:

HOSPITAIS DE CAMPANHA.
Ao todo, 188 leitos foram montados nos dois Hospitais de Campanha de Praia Grande: 100 leitos no Ginásio Falcão e 88 leitos no Ginásio Rodrigão (Tupi). Camas, poltronas, cadeiras de rodas, mesas, cilindros de oxigênio e todo o material necessário para o funcionamento dos 188 leitos (100 no Falcão e 88 no Rodrigão) foram instalados. A unidade do Ginásio Falcão já está recebendo pacientes.

As duas unidades não terão portas abertas para o fluxo da população que deverá continuar buscando atendimentos nos três prontos-socorros da Cidade: a UPA Samambaia, o PS Quietude e a Porta de Entrada do Hospital Irmã Dulce (PS Central).

UTI.
O Hospital Municipal Irmã Dulce já finalizou as obras para abrigar 30 novos leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva). A maior parte dos equipamentos já chegou e os mesmos já foram instalados no local. Outros aparelhos que compõem a UTI são aguardados para os próximos dias.

Com essas novas unidades, Praia Grande passa a contar com um total de 90 leitos de UTI, sendo leitos 50 Adulto (30 novos), 10 Infantil e 10 Neonatal no Irmã Dulce e mais 20 leitos Adulto no Hospital Casa de Saúde que está credenciado junto à rede pública Municipal de Saúde.

HOSPITAL PARA SÍNDROMES RESPIRATÓRIAS.
Hospital para síndromes respiratórias já está em funcionamento, desde o início de abril, a unidade anexa ao pronto-socorro Quietude, que conta com uma estrutura diferenciada. O Hospital para atendimentos específicos de casos de síndromes gripais e respiratórias dispõe de alas adulta e infantil, salas de medicação, soroterapia, observação, além de consultórios e ampla sala de recepção. Outro destaque é que o local possui área para raio-x, o que agiliza a entrega de resultados desse exame para um diagnóstico mais preciso dos médicos. Uma unidade semi-intensiva, destinada a cuidados intensos, também integra o equipamento. Essa unidade evita a contaminação cruzada dentro do PS Quietude, já que o equipamento está instalado fora da unidade.

https://www.diariodolitoral.com.br/praia-grande/praia-grande-possui-o-melhor-indice-de-recuperacao-do-covid-19-afirma/134895/

Foto: Fred Casagrande / Prefeitura Municipal de Praia Grande


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]