Cinco regiões sobem para a fase amarela do Plano São Paulo

Written by on 04/09/2020

FONTE: DIÁRIO DO LITORAL

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, o governador João Doria (PSDB) anunciou que cinco regiões do Estado progrediram da fase laranja para a amarela do Plano São Paulo: Marília, Presidente Prudente, Registro, São João da Boa Vista e São José do Rio Preto. Com isso, disse o governador, 95% da população do Estado passa a estar em regiões da fase amarela do plano de retomada das atividades econômicas e sociais do governo de São Paulo.

“A progressão dessas regiões é uma tendência de melhora nos indicadores que temos observado no Estado como um todo. Já estamos na quarta semana consecutiva na queda de óbitos, um fato inédito desde o início da pandemia”, disse o governador, que completou que também há uma queda por quatro semanas seguidas nos índices de infecção pela doença e de leitos de UTI ocupados”, disse o governador.

Hoje, apenas as regiões de Franca e de Ribeirão Preto permanecem na fase laranja do Plano São Paulo. “Franca e Ribeirão Preto se mantém na etapa de controle principalmente pelo número registrado de óbitos nessas regiões”, disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen.

Usina Traição

Doria também anunciou que governo de São Paulo fez a concessão da Usina Elevatória de Traição, no rio Pinheiros, agora batizada como Usina São Paulo. A concessão foi feita pelo período de 22 anos por R$ 280 milhões de outorga, ou seja, o dinheiro que o setor receberá pela exploração da usina. Além disso, haverá 8% de outorga variável de acordo com os resultados advindos da exploração do local.

A empresa também precisará investir R$ 200 milhões para a recuperação da área. A obra e e limpeza do rio Pinheiros serão entregues até dezembro de 2022, garantiu o governador.

“A Usina São Paulo será uma área de lazer, de entretenimento, de atividades culturais num parque linear, e também com cafés, bares, restaurantes e lojas”, explicou Doria.

No ano passado, o governador anunciou a intenção de criar no local “uma espécie de Puerto Madero paulistano”, em referência à região portuária de Buenos Aires, que foi revitalizada e se tornou um dos principais pontos turísticos da capital da Argentina.

Leia mais em: https://www.diariodolitoral.com.br/cotidiano/cinco-regioes-sobem-para-a-fase-amarela-do-plano-sao-paulo/137643/

Foto: Reprodução/Governo de SP


Reader's opinions

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *



[There are no radio stations in the database]